segunda-feira, novembro 12, 2007

Incêndios se alastram no Espírito Santo

No total, 13 municípios do Espírito Santo enfrentam incêndios nas matas e plantações: 3No total, 13 municípios do Espírito Santo enfrentam incêndios nas matas e plantações: 3 deles estão em situação de emergência. A fumaça preta pode ser vista de longe.
Video: http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM751252-7823-INCENDIOS+ATINGEM+MATAS+E+PLANTACOES+NO+ESPIRITO+SANTO,00.html
Há mais de uma semana é assim: um incêndio atrás de outro. O fogo se espalha pelos municípios da Região Norte do Espírito Santo. A reserva de Mata Atlântica do Parque de Itaúnas, em Conceição da Barra, voltou a queimar. É o segundo incêndio em um mês. Os bombeiros usam o helicóptero para pegar água no rio e tentar controlar as chamas. A comunidade ajuda como pode. “O vento está muito forte, o que espalha o fogo. Há vários focos de incêndio”, conta um morador da região.
Há sete meses não chove na região. A seca que atinge o pasto e a lavoura complica a situação. O fogo, quando aparece, se espalha rápido. Em uma propriedade, não houve tempo para retirar o trator do caminho do incêndio. O fogo destruiu tudo o que apareceu pela frente.
“O desespero faz com que a gente nem pense em nada. Só pensamos em chamar o pessoal, com a água, para apagar o fogo. Mas, infelizmente, não deu tempo”, diz o produtor rural Ciro Serafim. Na semana passada, outro produtor rural morreu queimado ao tentar apagar um incêndio provocado por ele mesmo na plantação. No município de São Mateus, o telefone dos bombeiros toca a todo momento. Mas quem combate o fogo também pede ajuda: aos motoristas, para que não joguem pontas de cigarro no mato seco na beira da estrada, e ao produtor rural, que evite queimar folhas e galhos na limpeza da roça.
“A gente precisa urgente de chuva. O Corpo de Bombeiros não tem condições de atender todas as chamadas. Infelizmente, é a verdade”, informou o sargento Mantegazine, do Corpo de Bombeiros.
deles estão em situação de emergência.
Globo/Jornal Nacional

Nenhum comentário:

Postar um comentário